terça-feira, julho 25, 2006

Ciência Viva no Verão

Como referido em post anterior, as actividades começam a estar visíveis no site da Ciência Viva, embora ainda haja pormenores a falhar (v.g. ontem não apareciam actividades em Coimbra, mas se consultássemos por Instituições o Departamento de Ciências da Terra da Universidade de Coimbra já aparecia…).

Aqui ficam mais alguns exemplos de actividades recomendadas pelo Geopedrados (e faltam muitas interessantes, por opção pessoal só pomos estas):

Título:

Sem chuva nos montes, secam-se as fontes (no Mondego em canoa)

(Instituto Pedro Nunes - LabGeo)

Data:

29 de Agosto às 09:00
6 de Setembro às 09:00
16 de Setembro às 09:00

Ponto de encontro:

Parque verde do Mondego em Coimbra (entrada junto à estação da CP). 9h.

Localidade:

Penacova / PENACOVA / COIMBRA

Itinerário:

Início do percurso no Centro de Coimbra, Parque Verde da Cidade.
Ida de camioneta até Penacova.
Descida do Mondego desde Penacova até Torres do Mondego (Coimbra).
Paragem para piquenique (almoço), na praia fluvial.
Transporte do grupo até ao Parque Verde.

Número de participantes:

20

Duração:

6 h

Inscrição prévia:

SIM - Contacto:239700321 ( das 10-13 e 14-17)

Responsável pela acção:

Mário Quinta Ferreira

URL:

http://www.ipn.pt

Descrição:

A água é o principal agente modelador da paisagem e condicionante da ocupação humana.
Tem enorme importância na modelação do vale do Mondego e na evolução das rochas. Observação das unidades geológicas atravessadas pelo rio Mondego e importância das condicionantes estruturais no perfil transversal e longitudinal do rio.
Observação das consequências dos incêndios ocorridos no Verão de 2005.

Notas:

Sapatos de ténis (ou sandálias - chinelos não servem) para levarem calçados na descida, fato de banho, toalha, roupa e calçado secos para vestir no fim da actividade, fitas para segurar óculos (para quem usa), chapéu, protector solar, não esquecer de tomar um bom pequeno-almoço!
Levar almoço. Levar bebidas para evitar a desidratação.
OBRIGATÓRIO saber NADAR.

Grau de dificuldade: baixo.

Título:

Da Arriba Fóssil da Serra dos Candeeiros às Grutas e Nascentes de Chiqueda
(Sociedade Portuguesa de Espeleologia)

Data:

19 de Agosto às 10:00
20 de Agosto às 10:00
16 de Setembro às 10:00
17 de Setembro às 10:00

Ponto de encontro:

Largo da Igreja da localidade de Pedreiras situada a sul de Porto de Mós (acesso pela EN1)

Localidade:

Alcobaça / ALCOBAÇA / LEIRIA

Itinerário:

Manhã: Casa do Caçador, Campo de dolinas de Casal do Rei-Lagoa do Cão, Nascentes de Chiqueda e Poço Suão.
Tarde: Vale do Mogo, Gruta da Ervideira.

Número de participantes:

20

Duração:

8 h

Inscrição prévia:

SIM - Contacto:918612519 ( das 10 às 18)

Responsável pela acção:

Eric Mendes

Descrição:

A visita inicia-se no sopé da Serra dos Candeeiros,uma estrutura de natureza calcária alongada em cerca de 30 km, com direcção NNE-SSW, paralela ao litoral, a uma distância aproximadamente de 20 km.

A vertente ocidental da serra é uma Arriba Fóssil, com um declive muito regular, fortemente rectilíneo e estriada por numerosas ravinas profundas.

A visita continua já na plataforma litoral com a observação do campo de dolinas de Casal do Rei - Lagoa do Cão, visita as nascentes de Chiqueda situadas no vale do Mogo e à gruta da Ervideira junto à localidade do Carvalhal.

Notas:

Os interessados devem possuir viatura própria. É recomendado levar botas de campo, uma muda de roupa e calçado, chapéu, farnel, água (1,5 L por pessoa) e protector solar.


Título:

Grutas e Nascentes de Porto de Mós
(Sociedade Portuguesa de Espeleologia)

Data:

26 de Agosto às 10:00
27 de Agosto às 10:00
16 de Setembro às 10:00
17 de Setembro às 10:00

Ponto de encontro:

Jardim da Ecoteca de Porto de Mós, em frente ao Turismo.

Localidade:

Porto de Mós / PORTO DE MÓS / LEIRIA

Itinerário:

Manhã: O maciço calcário e a erosão regressiva da Fórnea, Circulação de águas subterrâneas nas regiões calcárias - as grutas, sua protecção e conservação. Visita à gruta Cova da Velha.
Tarde: A depressão de Alvados (Polje de Alvados), Portela e Gruta da Mouração (interesse arqueológico das grutas), Nascentes cársicas do Lena: Cabeço de Pedra, Tapada das Freiras, Minhola do Maneta, Olho de Água da Ribeira de Cima. Captação e controle da emergência de águas subterrâneas.

Número de participantes:

20

Duração:

8 h

Inscrição prévia:

SIM - Contacto:918612519 ( das 10 às 17)

Responsável pela acção:

Eric Mendes

Descrição:

Aspectos gerais da Morfologia e Geologia das regiões cársicas.

Circulação de água subterrânea e sua importância na formação de grutas.

Visita a duas grutas e observação de estruturas características das mesmas.

Problemática da falta de água superficial nas regiões cársicas.

Notas:

Os interessados devem possuir viatura própria e levar botas de campo, chapéu, farnel, água (1,5 L por pessoa) e protector solar.

Título:

Do canhão da Caranguejeira, com as águas que banharam o menino do Lapedo, às fontes do rio Lis e ao Buraco Roto
(Sociedade Portuguesa de Espeleologia)

Data:

19 de Agosto às 10:00
20 de Agosto às 10:00
2 de Setembro às 10:00
3 de Setembro às 10:00

Ponto de encontro:

Junto à Câmara Municipal de Leiria.

Localidade:

Reguengo do Fetal, Fontes e Caranguejeira / BATALHA / LEIRIA

Itinerário:

Leiria, Caranguejeira, Vale Sobreiro, Cardosos, Cortes, Reixida, Fontes, Reguengo do Fetal (Batalha).

Número de participantes:

20

Duração:

8 h

Inscrição prévia:

SIM - Contacto:918612519 ( das 10 às 18)

Responsável pela acção:

Eric Mendes

Descrição:

O Ribeiro da Caranguejeira recebe águas de nascentes com temperatura acima da média regional (Olho de Vale Sobreiro) e escavou um troço em canhão, onde foi encontrado o abrigo do “Menino do Lapedo” que se julga ser o resultado da mestiçagem entre neandertais e humanos modernos.

Entre Reixida e Fontes, na extremidade mais setentrional do Maciço Calcário Estremenho, existem várias nascentes que dão origem ao rio Lis. A mais caudalosa, mas temporária, foi alvo de trabalhos de pesquisa de água através galeria artificial em meados dos anos 90, e algumas das perenes são captadas para abastecimento público ou para rega.

Um pouco a sul, suspensa a meio de uma vertente levantada por falha (com um espectacular “espelho de falha”), existe uma gruta formada por uma galeria extensa que se perde em fendas preenchidas por areia. Em períodos de cheia, as águas que nascem nesta gruta despenham-se por uma ruidosa cascata que forma um rio afluente do Lis.

Notas:

É necessário levar calçado e vestuário (incluindo chapéu) adequado a percurso pedestre. O equipamento para as visitas (eventuais/facultativas) às grutas é fornecido pela entidade responsável pela acção. Levar viatura própria ou assegurar lugar na de outros participantes.

Título:

Geologia no Litoral de Alcobaça
(Câmara Municipal de Alcobaça)

Data:

8 de Agosto às 09:30
5 de Setembro às 09:30

Ponto de encontro:

Largo do cruzeiro na Vila de Pataias. Pataias localiza-se na EN 242 entre Nazaré e Marinha Grande. Existe uma saída para Pataias a partir da A8.

Localidade:

Alcobaça / ALCOBAÇA / LEIRIA

Itinerário:

Pataias - Água de Madeiros - Paredes da Vitória - Vale Furado - Pataias

Número de participantes:

15

Duração:

4 h

Inscrição prévia:

SIM - Contacto:914577748 ( das 9 às 20)

Responsável pela acção:

Ana Lúcia Inácio

Descrição:

Observação de afloramentos nas praias de Água de Madeiros e Vale Furado. Identificação de fósseis e estruturas sedimentares.

Notas:

Acção conjunta com _Intrusos no litoral de Alcobaça_ (Biologia no Verão)

Título:

Milagres da Geologia no Sítio da Nazaré.
(Departamento de Geologia da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa)

Data:

3 de Agosto às 09:30
10 de Agosto às 09:30
17 de Agosto às 09:30
24 de Agosto às 09:30

Ponto de encontro:

Largo da Nossa Senhora da Nazaré, junto à escadaria do Santuário da Nossa Senhora da Nazaré.

Localidade:

Sitio, Nazaré / NAZARÉ / LEIRIA

Itinerário:

Largo da Nossa Senhora da Nazaré - Miradouro - Farol (Forte de S. Miguel) - Praia do Norte – Pedralva - Pederneira.

Número de participantes:

20

Duração:

3 h

Inscrição prévia:

SIM - Contacto:262561194 ( das 9h00 - 17h00)

Responsável pela acção:

Mário Cachão

Descrição:

Foi muito antes do milagre de Dom Fuas Roupinho que aconteceram, no Sítio da Nazaré, outros milagres… Vamos descobrir como nasceu o Promontório, como se formou a praia da Nazaré e toda a zona envolvente da Praia do Norte. Visitaremos o jardim da Pedralva e subiremos ao Monte Branco. Vamos saber como um tronco se transforma em fóssil, depois em menir do Neolítico e mais tarde em símbolo popular de soberania local. Aqui poderemos observar belas paisagens sobre a enseada da Nazaré e perceber como se formou a Lagoa da Pederneira.

Notas:

Levar chapéu, protector solar, calçado prático, água ou refrigerantes.

Com o apoio da Câmara Municipal da Nazaré.


Título:

O Promontório da Nazaré: um cenário geológico.
(Departamento de Geologia da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa)

Data:

7 de Agosto às 09:30
21 de Agosto às 09:30

Ponto de encontro:

Porto de Abrigo da Nazaré, junto à entrada.

Localidade:

Nazaré / NAZARÉ / LEIRIA

Itinerário:

Porto de Abrigo da Nazaré – Foz do rio Alcoa – Enseada da Nazaré - Pedra do Guilhim - Praia do Norte – Porto de Abrigo da Nazaré.

Número de participantes:

12

Duração:

3 h

Inscrição prévia:

SIM - Contacto:262561194 ( das 9h00 - 17h00)

Responsável pela acção:

Mário Cachão

Descrição:

Um passeio marítimo pela enseada da Nazaré com o Promontório do Sítio da Nazaré como cenário de um palco onde decorreram fenómenos geológicos muito interessantes, histórias de outros tempos, com outros actores e em ambientes diferentes. Vamos visitar de mais perto formas e paisagens diferentes e que há anos resistem à violência das ondas do mar.

Notas:

Levar chapéu, protector solar, calçado prático, água ou refrigerantes.
Com o apoio da Câmara Municipal da Nazaré.

Título:

Pegadas de dinossáurios na serra do Bouro
(Escola Básica do 2º e 3º Ciclo Dr. Joaquim de Barros - Clube de Paleontologia)

Data:

22 de Setembro às 15:00

Ponto de encontro:

Posto de Turismo de S. Martinho do Porto

Localidade:

Salir do >Porto / CALDAS DA RAINHA / LEIRIA

Itinerário:

Serra do Bouro

Número de participantes:

50

Duração:

3 h

Responsável pela acção:

Celestino Coutinho

URL:

http://oficina.cienciaviva.pt/~pw011

Descrição:

Observação de algumas pegadas e pistas de dinossáurios do Jurássico final.
Algumas inferências paleoecológicas e paleobiológicas.
Reconhecimento da necessidade de preservação e conservação deste patrimmónio paleontológico.

Notas:

É necessário utilizar veículo particular entre o ponto de encontro e e o local da jazida

Título:

Novas pegadas de dinossáurios da Serra de Mangues e velhas pegadas da praia dos Salgados
(
Escola Básica do 2º e 3º Ciclo Dr. Joaquim de Barros - Clube de Paleontologia)

Data:

14 de Setembro às 14:00

Ponto de encontro:

Posto de turismo de S. Martinho do Porto

Localidade:

S.Martinho do Porto / ALCOBAÇA / LEIRIA

Itinerário:

S. Martinho do Porto - Serra de Mangues - topo sul da praia dos Salgados

Número de participantes:

50

Duração:

3 h

Responsável pela acção:

Celestino Coutinho

URL:

http://oficina.cienciaviva.pt/~pw011

Descrição:

Observação de algumas pegadas e pistas de dinossáurios do Jurássico final.
Algumas inferências paleoecológicas e paleobiológicas.
Reconhecimento da necessidade de preservação / conservação deste património paleontológico.

Notas:

É necessário utilizar veículo particular entre o ponto de encontro e as jazidas.
Eventualmente, observação da jazida com pegadas da Serra da Pescaria.


1 comentário:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.