quinta-feira, janeiro 10, 2019

O termo vandalismo surgiu há 225 anos

Busto de Germânico - uma cruz foi talhada na testa da estátua e o nariz foi arrancado
 
Vandalismo é o comportamento atribuído originalmente aos vândalos, pelos romanos, em relação a destruição cruel ou deterioração de qualquer coisa bela ou venerável.
  
O nome deriva do povo vândalo, um dos povos bárbaros que invadiu e atacou, no seu final, o Império Romano. O termo "vandalismo" como sinónimo de espírito de destruição foi cunhado no final do século XVIII, em 10 de janeiro de 1794, por Henri Grégoire, bispo constitucional de Blois; ele cunhou o termo e tornou-o comum através de uma série de relatórios para a Convenção, denunciando a destruição de artefatos culturais como monumentos, pinturas e livros que estavam sendo destruídos como símbolo de um ódio ao passado e presente de exploração desde o "feudalismo", durante o Reino do Terror. Em seu livro Memoirs, ele escreveu: "Inventei a palavra para abolir o ato".
  

Enviar um comentário