sexta-feira, dezembro 07, 2018

Noam Chomsky faz hoje noventa anos!

Avram Noam Chomsky (Filadélfia, 7 de dezembro de 1928) é um linguista, filósofo e ativista político dos Estados Unidos, professor de Linguística no Instituto de Tecnologia de Massachusetts.
O seu nome está associado à criação da gramática ge(ne)rativa transformacional. É também o autor de trabalhos fundamentais sobre as propriedades matemáticas das linguagens formais, sendo o seu nome associado à chamada Hierarquia de Chomsky.
Os seus trabalhos, combinando uma abordagem matemática dos fenómenos da linguagem com uma crítica do behaviorismo, nos quais a linguagem é conceptualizada como uma propriedade inata do cérebro/mente humanos, contribuem decisivamente para a formação da psicologia cognitiva, no domínio das ciências humanas.
Além da sua investigação e ensino no âmbito da linguística, Chomsky é também conhecido pelas suas posições políticas de esquerda e pela sua crítica à política externa dos Estados Unidos. Chomsky descreve-se como um socialista libertário, havendo quem o associe ao anarcossindicalismo.
O termo chomskiano é habitualmente usado para identificar as suas ideias linguísticas embora o próprio considere que esses tipos de classificações (chomskiano, marxista, freudiano) "não fazem sentido em nenhuma ciência", e que "pertencem à história da religião, enquanto organização".
  
Sobre Chomsky
  • Arundhati Roy: "Mesmo um quarto da evidência que ele compilou teria sido o suficiente para me convencer. Eu costumava refletir porque ele precisava realizar tanto trabalho. Mas agora eu entendo que a magnitude e a intensidade do trabalho de Chomsky é um barómetro da magnitude, escopo e implacabilidade da máquina de propaganda a qual ele se opõe. Ele é como o devorador de madeira que vive dentro da terceira prateleira da minha estante. Dia e noite, eu ouço suas mandíbulas roendo através da madeira, triturando-a em poeira fina. É como se ele discordasse da literatura e quisesse destruir a própria estrutura na qual ela se apoia.", 24 de agosto de 2003.
  • Chris Hedges: "Chomsky é o maior intelectual americano. O seu corpo maciço de trabalho, que inclui quase 100 livros, tem por décadas esvaziado e exposto as mentiras da elite do poder e os mitos que ela perpetra. Chomsky fez isso apesar de ser colocado na lista negra dos media comercial, ser transformado num pária pela academia e, como ele próprio admitiu, ser um orador pedante e por vezes chato. Ele combina autonomia moral com conhecimento rigoroso, um notável domínio dos detalhes e um intelecto poderoso.", 19 de abril de 2010.
  • Glenn Greenwald: "[...] o ativista político e intelectual público mais realizado e corajoso da nação [...]"
  • Norman Finkelstein: "Não posso lhe dizer quantas pessoas, eu inclusive, e isso não é uma hipérbole, cujas vidas foram transformadas por ele. Se não fosse por Chomsky eu teria sucumbido há muito tempo. Bateram e me atacaram em minha vida profissional. É somente o conhecimento de que uma das maiores mentes na história humana tem fé em mim que compensa esse constante, implacável e perverso ataque. Há muitas pessoas que são consideradas nulidades, as chamadas pessoas pequenas [little people] desse mundo, que de repente recebem um e-mail de Noam Chomsky. Isso sopra uma nova vida em você. Chomsky provocou muitas, muitas pessoas a perceberem um nível de seu potencial que seria perdido para sempre.", 2010.
  • Robert Fisk: "[...] um dos maiores filósofos e linguistas da América [...]", 24 de janeiro de 2002. 
  • John Searle: "O trabalho de Chomsky é uma das realizações intelectuais mais notáveis da era atual [...] Com o tempo acredito que a maior contribuição dele será que ele deu um grande passo na direção de restaurar a concepção tradicional da dignidade e singularidade do homem."  
Prémios e reconhecimento
É membro da Academia Nacional de Ciências dos EUA (desde 1972), da Sociedade Americana de Filosofia (desde 2004), da Academia de Artes e Ciências da Sérvia, da Academia Americana de Artes e Ciências, membro honorário da Associação Internacional de Intérpretes e Tradutores Profissionais.
De acordo com o Institute for Scientific Information, os 10 autores com o maior número de citações (Arts and Humanities Citation Index) em periódicos académicos entre 1980 e 1992 são, em ordem: Marx, Lenin, Shakespeare, Aristóteles, a Bíblia, Platão, Freud, Noam Chomsky, Hegel e Cícero.
  • British Academy, Honorary Fellow.
  • The Bertrand Russell Society, Honorary Member.
  • IEEE Intelligent Systems Hall of Fame.
  • 1984: Prémio por Contribuições Científicas Relevantes da Associação Americana de Psicologia.
  • 1987: Orwell Award.
  • 1989: Orwell Award (com Edward S. Herman).
  • 1988: Prêmio Kyoto na categoria Ciências Básicas.
  • Lannan Literary Award for Nonfiction, 1992.
  • 1996: Medalha Helmholtz, a qual é entregue a cada dois anos pela Academia Berlim-Brandenburgo de Ciências e Humanidades.
  • Medalha Benjamin Franklin na categoria Ciência Cognitiva e da Computação "Pelas suas contribuições para o campo da linguística e seus efeitos na ciência da computação, e insight nos processos do pensamento humano.", 1999.
  • 2002: Prémio Adela Dwyer - St. Thomas of Villanova Peace Award do Centro para a Paz e a Justiça da Universidade Villanova.
  • Honorary Fellowship na Sociedade Histórica e Literária da Universidade College Dublin, Irlanda, 2002.
  • 2003, Peace Award, Turkish Publishers Association in Istanbul.
  • 2003, Peace Award, St. Thomas of Villanova, Villanova University.
  • 2003, Award, Kurdish Human Rights Association of Diyarbakir.
  • 2008, President's Medal da Literary and Debating Society da Universidade Nacional da Irlanda, Galway.
  • Honorary Life Membership, University College Dublin Law Society, 2009.
  • 2010 (23 de março): Prémio Erich Fromm em Estugarda, Alemanha.
  • 2010, Thomas Merton Award, o qual é entregue pelo Thomas Merton Center.
  • Honorary Concert, Manukyan's Musical Tribute to Scientists, 2010.
  • 2011 (1 de junho): Prémio Sydney da Paz.
  • 2012, Lifetime of Leadership for Peace and Justice, Coalition for Peace Action.
  • 2012, People Before Profits Award, Center for Popular Economics.
  • 2012, Latin American Peace and Justice Award in honor of NACLA’s 45th Anniversary.
  • 2013, UCD Ulysses Medal.
  • Global Exchange Human Rights Awards, 2013.
  • Honorary Medal "De Scientia et Humanitate Optime Meritis", Academia de Ciências, República Checa, 2014.
  

Enviar um comentário