segunda-feira, novembro 20, 2017

O último Príncipe Herdeiro da Áustria-Hungria nasceu há 105 anos

Oto de Habsburgo, Otão de Habsburgo ou Oto von Habsburg, também referido como Arquiduque Oto da Áustria, (Reichenau an der Rax, 20 de novembro de 1912 - Pöcking, 4 de julho de 2011) foi o último príncipe herdeiro da Áustria-Hungria, de 1916 até à dissolução do império, em 1918 - um império que compreendia os atuais territórios da Áustria, Hungria, Bósnia e Herzegovina, Croácia, República Checa, Eslováquia, Eslovénia, partes do Montenegro, da Polónia, da Roménia, da Sérvia, da Ucrânia e da Itália. Até 1921, era o príncipe herdeiro da Hungria. Chefe da casa dinástica de Habsburgo e pretendente aos antigos tronos da sua dinastia, Oto era o filho mais velho de Carlos I, último Imperador da Áustria e último Rei da Hungria, e da sua esposa, Zita de Bourbon-Parma. Oto também ostentou o título de soberano da Ordem do Tosão de Ouro entre 1922 e 2007.
Era membro do Parlamento Europeu pelo partido União Social Cristã da Baviera (CSU) e presidente da União Internacional Pan-Europeia, o mais antigo movimento de unificação Europeia.
Foi batizado Francisco José Oto Roberto Maria Antônio Carlos Max Henrique Sisto Xavier Félix Renato Luís Caetano Pio Inácio da Áustria (em alemão, Franz Joseph Oto Robert Maria Anton Karl Max Heinrich Sixtus Xaver Felix Renatus Ludwig Gaetan Pius Ignatius von Österreich).
Oto morava na Baviera, Alemanha, e tinha nacionalidades alemã, austríaca, húngara e croata. Apesar do seu nome oficial ser Oto de Habsburgo, as autoridades austríacas se referiam a ele como Oto de Habsburgo-Lorena (Habsburg-Lothringen em alemão). Ele às vezes era chamado de Arquiduque Oto da Áustria, Príncipe-Herdeiro Oto da Áustria e, na Hungria, simplesmente como Habsburg Ottó.
 

Enviar um comentário