quinta-feira, novembro 23, 2017

O físico Henry Moseley nasceu há 130 anos

Henry Gwyn Jeffreys Moseley (Weymouth, 23 de novembro de 1887 - Galípoli, 10 de agosto de 1915) foi um físico britânico nascido na Inglaterra.
Foi assistente de Ernest Rutherford. Descobriu, em 1913, uma relação entre o espectro de raios X de um elemento químico e seu número atómico. Foi o primeiro a conseguir determinar os números atômicos dos elementos com precisão. Mostrou que, quando os átomos eram bombardeados pelos raios catódicos, emitiam raios X, e que cada um tinha as suas propriedades determinadas pelos valores do seu número atómico, e ainda previu lugares na tabela periódica para outros elementos, que foram descobertos anos mais tarde. Desta forma, a disposição dos elementos na tabela periódica ficou com um parâmetro mais adequado, que persiste até hoje. Cientistas posteriores foram determinando os números de prótões de outros elementos a partir desta técnica.
Ainda em 1913 enunciou a lei de Moseley, que estabelece a relação entre a frequência de um raio röntgen, emitido por um átomo, e os níveis de energia entre os quais um eletrão salta. Moseley planeou continuar a sua pesquisa sobre física em Oxford e assim renunciou a Manchester. Mas seus planos não foram em frente, pois, quando a Primeira Guerra Mundial se iniciou, decidiu-se alistar no exército britânico. Morreu em combate em 1915, durante a Campanha de Galípoli, na Turquia.
Graças aos seus estudos a tabela periódica adquiriu a sua forma definitiva. Algumas pessoas especularam que Moseley poderia ter sido laureado com o Nobel da Física de 1916, caso não houvesse morrido servindo o exército britânico.
 

Enviar um comentário