quinta-feira, junho 15, 2017

Louis-Claude Daquin morreu há 245 anos

Louis-Claude Daquin (Paris, 4 de julho de 1694 - Paris, 15 de junho de 1772) foi um compositor, organista e cravista francês do período barroco.
Aos seis anos, Daquin tocou diante de Luís XVI e, aos oito, regeu a sua própria obra coral Beatus Vir. Crianca prodígio, prosseguiu brilhante carreira na sociedade parisiense culta como improvisador no cravo e órgão. Algumas das suas improvisações faziam parte do seu Nouveau livre de noels, mas as poucas outras obras remanescentes apenas sugerem talento. Às vezes a sua música mostra ecos de Couperin, mas em geral é bastante original, como em Trois Cadences, em que usa um trinado triplo. A sua obra mais conhecida é a animada Le Coucou, do seu livro para cravo de 1735, Livre de pieces de clavecin. Em 1739 tornou-se organista da Chapelle Royale e, em 1755, tornou-se organista na catedral de Notre-Dame, em Paris.


Enviar um comentário