terça-feira, maio 30, 2017

Vânia Abreu - 50 anos

(imagem daqui)

Vânia Mercuri de Almeida Abreu (Salvador, 30 de maio de 1967) é uma cantora brasileira de MPB, irmã da também cantora Daniela Mercury.
 
 

segunda-feira, maio 29, 2017

Música adequada à data...



Alfonsina y el mar - Mercedes Sosa
Música: Ariel Ramírez; letra: Félix Luna

Por la blanda arena que lame el mar
su pequeña huella no vuelve más,
un sendero solo de pena y silencio llegó
hasta el agua profunda.
Un sendero solo de penas mudas llegó
hasta la espuma.

Sabe Dios qué angustia te acompañó
qué dolores viejos, calló tu voz
para recostarte arrullada en el canto
de las caracolas marinas.
La canción que canta en el fondo oscuro del mar
la caracola.

Te vas Alfonsina con tu soledad,
¿qué poemas nuevos fuiste a buscar?
Una voz antigua de viento y de sal
te requiebra el alma y la está llevando
y te vas hacia allá como en sueños,
dormida, Alfonsina, vestida de mar.

Cinco sirenitas te llevarán
por caminos de algas y de coral
y fosforescentes caballos marinos harán
una ronda a tu lado.
Y los habitantes del agua van a jugar
pronto a tu lado.

Bájame la lámpara un poco más,
déjame que duerma nodriza en paz
y si llama él no le digas que estoy
dile que Alfonsina no vuelve.
Y si llama él no le digas nunca que estoy,
di que me he ido.

Ted Levine faz hoje 60 anos

Ted Levine (Bellaire, Ohio, EUA, 29 de maio de 1957) é um ator dos Estado Unidos da América que participou em filmes e séries famosas, como O Silêncio dos Inocentes (1991) e Monk - Um detetive diferente.
Ted Levine ficou mais conhecido pela sua assustadora interpretação como o serial killer "Buffalo Bill", em O Silêncio dos Inocentes. Apesar disso, atuou principalmente como homens da polícia ou exército, se passando por dois generais, dois coronéis, e três polícias, entre ele o capitão Leland Stottlemeter, da série Monk - Um detetive diferente..

Zé Diogo Quintela - 40 anos


Zé Diogo Quintela (José Diogo de Carvalho Quintela, Lisboa, 29 de maio de 1977) é um humorista e argumentista português, membro do coletivo humorístico Gato Fedorento.
  
Carreira
José Diogo Quintela estudou nos Salesianos e no Liceu Pedro Nunes em Lisboa, tendo sempre sido um excelente aluno. O último ano do secundário fê-lo nos Estados Unidos através de um programa de intercâmbio de estudantes. Frequentou o curso de Comunicação Social no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP) da Universidade Técnica de Lisboa, não concluindo a licenciatura.
Quintela participou como argumentista e actor dando vida a vários personagens em todos os DVD e sketches lançados pela equipa do Gato Fedorento.
Ainda na sua colaboração com as Produções Fictícias desde 2000, onde foi autor, escreveu entre outros textos para o Programa da Maria (SIC), Herman Difusão Portuguesa (na RDP) e Três é uma Multidão (peça de teatro). Co-autor também de diversos textos do programa Herman SIC (SIC) e das Crónicas da D. Bitória.
Em 2006, Quintela emprestou a sua imagem à conhecida bebida portuguesa Licor Beirão, recriando a personagem "Fernando" (dos Gato Fedorento), conhecida por "educar" quem padece de desvios comportamentais.
A política e o futebol são dois dos pontos que diferenciam Quintela (que é de direita liberal e adepto do Sporting Clube de Portugal) dos restantes três elementos do Gato Fedorento (de tendência política mais à esquerda e adeptos de outro clube), contudo estas diferenças não chegam para lhes eliminar a cumplicidade existente.
Em março de 2010 publicou o seu primeiro livro, "Falar é Fácil", constituído por crónicas feitas para o Jornal Público.


Romy Schneider morreu há 35 anos

Romy Schneider, nome artístico de Rosemarie Magdalena Albach (Viena, 23 de setembro de 1938 - Paris, 29 de maio de 1982) foi uma atriz austríaca que atuou no cinema europeu, especialmente no francês.

Romy Schneider era filha dos atores Magda Schneider e Wolf Albach-Retty, e muito bonita desde pequena. Com uma pele rosada e olhos azuis, Romy chamava muita atenção, mas só estreou no cinema aos quatorze anos, no filme Quando Voltam a Florescer os Lilases, ao lado da mãe, que controlou a sua carreira até que ela se casou pela primeira vez.
Aos 17 anos, em 1955, Schneider tornava-se famosa ao viver Sissi, a imperatriz-adolescente da Áustria, no filme do mesmo nome. Era uma personagem bonita, irreverente e capaz de quebrar todos os protocolos da nobreza europeia de forma a conquistar o jovem Imperador austríaco Francisco José e os seus súditos. O filme conquistou as plateias do mundo todo e gerou mais duas continuações, Sissi, a Imperatriz e Sissi e Seu Destino, todos dirigidos por Ernst Marischka e interpretados por Romy, o ator Karlheinz Böhm e a mãe de Romy, Magda Schneider.
Já famosa mundialmente a atriz se recusou a continuar a viver jovens princesas inocentes e partiu para filmes mais adultos, escandalizando seus fãs em 1958 ao participar do filme Senhoritas de Uniforme, uma história com lésbicas num colégio feminino.
No mesmo ano, Romy filmou Christine, e se apaixonou perdidamente pelo seu galã, o então também jovem e promissor ator francês Alain Delon. O romance durou até 1963 e o casamento dos dois foi várias vezes anunciado e outras tantas adiado. Nessa época, ela se encontrou com o diretor Luchino Visconti que mudou radicalmente sua trajetória de atriz, dando-lhe um papel sexy e digno de uma grande atriz em Boccaccio 70.
O seu primeiro casamento foi com o diretor e cenógrafo alemão Harry Meyen, pai de seu filho David. Separaram-se em 1975 e logo depois casou com o seu secretário pessoal, Daniel Biasini, de quem teve uma filha, Sarah e de quem se acabaria também por separar. Quando morreu, vivia há pouco mais de um mês com o produtor francês Laurent Petain.
A atriz morreu aos 43 anos, de uma paragem cardíaca, no seu apartamento em Paris, onde vivia com o terceiro marido, a filha e uma empregada. Ela estava a tratar-se de uma profunda depressão pelo suicídio do primeiro marido e, logo depois, pela trágica morte do filho de ambos, que ao pular um portão, foi perfurado pelas setas da grade e morreu logo, com apenas 14 anos. Alguns dias antes de falecer, Romy submeteu-se a uma operação para retirar um rim devido a um tumor.
 

Alfonsina Storni nasceu há 125 anos


Filha de pais argentinos, nascida na Suíça, imigrou com os seus pais para a província de San Juan na Argentina em 1896. Em 1901, muda-se para Rosario, (Santa Fé), onde tem uma vida com muitas dificuldades financeiras. Trabalhou para o sustento da família como costureira, operária, atriz e professora.
Descobre-se portadora de cancro da mama em 1935. O suicídio de um amigo, o também escritor Horacio Quiroga, em 1937, abala-a profundamente.
Em 1938, três dias antes de se suicidar, envia, de um hotel de Mar del Plata para um jornal, o soneto “Voy a Dormir”.
Consta que suicidou-se andando para dentro do mar - o que foi poeticamente registado na canção "Alfonsina y el mar", gravada por Mercedes Sosa; o seu corpo foi resgatado do oceano no dia 25 de outubro de 1938. Alfonsina tinha 46 anos.


Peso ancestral


Tú me dijiste: no lloró mi padre;
tú me dijiste: no lloró ni abuelo;
no han llorado los hombres de mi raza,
eran de acero.

Así diciendo te brotó una lágrima
y me cayó en la boca... más veneno.
Yo no he bebido nunca en otro vaso
así pequeño.

Débil mujer, pobre mujer que entiende
dolor de siglos conocí al beberlo:
¡Oh, el alma mía soportar no puede
todo su peso!

JFK nasceu há 100 anos

John F. Kennedy com a esposa e filhos, John Jr. e Caroline (1962)

John Fitzgerald Kennedy (Brookline, 29 de maio de 1917 - Dallas, 22 de novembro de 1963) foi um político dos Estados Unidos da América que foi  seu 35° presidente (1961–1963) e é considerado uma das grandes personalidades do século XX. Ele era conhecido como John F. Kennedy ou Jack Kennedy pelos seus amigos e popularmente como JFK.
Eleito em 1960, Kennedy tornou-se o segundo mais jovem presidente do seu país, depois de Theodore Roosevelt. Ele foi Presidente de 1961 até ao seu assassinato em 1963. Durante o seu governo ocorreu a Invasão da Baía dos Porcos, a Crise dos mísseis de Cuba, a construção do Muro de Berlim, o início da corrida espacial, a consolidação do Movimento dos Direitos Civis nos Estados Unidos e os primeiros eventos da Guerra do Vietname.
Durante a Segunda Guerra Mundial ficou conhecido pela sua liderança como o comandante do barco PT-109 no Pacífico Sul. Ao realizar um reconhecimento, o seu barco foi atingido por um destróier japonês, que partiu o barco em dois e causou uma explosão. A sua tripulação conseguiu nadar até uma ilha e sobreviver até serem resgatados. Essa façanha proporcionou-lhe popularidade e começou assim a sua carreira política. Kennedy representou o Estado de Massachusetts como um membro da Câmara dos Deputados, a partir de 1947 e até 1953, e depois, como Senador, de 1953 até que se tornou presidente em 1961. Com 43 anos de idade, foi o candidato presidencial do Partido Democrata nas eleições de 1960, derrotando o republicano Richard Nixon numa das eleições mais disputadas da história presidencial do país. Kennedy foi a última pessoa a ser eleita Presidente enquanto ainda exercia um mandato como Senador, até à eleição de Barack Obama em 2008. Também foi o único católico a ser eleito presidente dos Estados Unidos. Até a data, era o único nascido durante a Primeira Guerra Mundial e também o primeiro nascido no século XX.
(...)

Uma foto Polaroid de Mary Moorman tirada uma fração de segundo após o tiro fatal (detalhe)
Assassinato
Durante uma visita política à cidade de Dallas, no estado americano do Texas, para iniciar a sua campanha para a reeleição, o Presidente Kennedy, enquanto desfilava pelas ruas da cidade num carro aberto, foi atingido por dois disparos, às 12.30 horas do dia 22 de novembro de 1963. Ele foi declarado morto meia hora depois.
Lee Harvey Oswald, o suposto assassino, foi preso num teatro, cerca de 80 minutos após o tiroteio. Oswald foi inicialmente acusado do assassinato de um polícia de Dallas, JD Tippit, antes de ser acusado do assassinato do presidente. Oswald disse que não tinha matado ninguém, alegando que ele era um chamariz. Mais tarde, ele também seria assassinado.
Em 29 de novembro, o novo Presidente, Lyndon B. Johnson, criou a Comissão Warren que foi presidida pelo Chefe de Justiça Earl Warren para investigar o assassinato. A comissão concluiu que Oswald agiu sozinho, mas as suas conclusões ainda estão em debate, tanto a nível académico quanto à nível popular, com boa parte do povo americano acreditando que a morte do Presidente envolveu uma grande conspiração.
O presidente Kennedy morreu assassinado em 22 de novembro de 1963, em Dallas, Texas. O ex-fuzileiro naval Lee Harvey Oswald foi preso e acusado do assassinato, mas foi morto dois dias depois, por Jack Ruby e por isso não foi julgado. A Comissão Warren concluiu que Oswald agiu sozinho no assassinato. No entanto, o Comitê da Câmara sobre Assassinatos descobriu em 1979 que talvez tenha havido uma conspiração em torno do acontecido. Este tópico foi debatido e há muitas teorias sobre o assassinato, visto que o crime foi um momento importante na história dos Estados Unidos devido ao seu impacto traumático na psique coletiva da nação americana.
Muitos viram em Kennedy um ícone das esperanças e aspirações americanas, e em algumas pesquisas no país ele ainda é valorizado como um dos melhores presidentes da história da nação.

John F. Kennedy, Jr. faz continência ao caixão do pai, enquanto Jacqueline Kennedy dá a mão à filha Caroline Kennedy
Após o assassinato de Kennedy, o seu corpo foi transferido para Washington, D.C., especificamente para a Ala Leste da Casa Branca, onde permaneceu até ao domingo seguinte. Nesse dia, 24 de novembro, o caixão foi levado, numa carruagem puxada por cavalos, da Casa Branca ao Capitólio e foi velado em público. Na segunda-feira, 25 de novembro, foi realizado o funeral de Estado, com a participação de mais de 90 representantes de vários países. Um dia após o assassinato, o novo Presidente Johnson declarou segunda-feira como um dia nacional de luto. Na parte da manhã houve uma missa na Catedral de St. Matthew, em Washington, e depois o corpo foi enterrado no Cemitério Nacional de Arlington com todas as honras.

Noel Gallagher - 50 anos!

Noel Thomas David Gallagher (Manchester, 29 de maio de 1967) é um músico britânico. Foi o guitarrista, vocalista e principal compositor dos Oasis, banda que liderou juntamente com o seu irmão Liam Gallagher. Atualmente é o líder da banda Noel Gallagher's High Flying Birds, fundada por ele após sua saída dos Oasis em 2009.


Jeff Buckley morreu há vinte anos

Jeffrey Scott Buckley (Anaheim, 17 de novembro de 1966 - Memphis, 29 de maio de 1997) foi um cantor, compositor e guitarrista norte-americano. Conhecido pelos seus dotes vocais, Buckley foi considerado pelos críticos umas das mais promissoras revelações musicais da sua época. Entretanto, Buckley morreu afogado enquanto nadava no rio Wolf, afluente do Rio Mississipi, em 1997. O seu trabalho e seu estilo único continuam sendo admirados por fãs, artistas e músicos no mundo todo.
 

domingo, maio 28, 2017

El-Rei D. Afonso IV morreu há 660 anos

D. Afonso IV de Portugal (Coimbra, 8 de fevereiro de 1291 - Lisboa, 28 de maio de 1357), cognominado o Bravo, sétimo Rei de Portugal, era filho do Rei D. Dinis I de Portugal e da sua esposa, a Rainha Santa Isabel, nascida infanta de Aragão. D. Afonso IV sucedeu a seu pai a 7 de fevereiro de 1325.
Vida
Apesar de ser o único filho legítimo de seu pai, D. Afonso não seria, de acordo com algumas fontes, o favorito do Rei D. Dinis, que preferia a companhia de D. Afonso Sanches, um dos seus bastardos (legitimado). Esta preferência deu lugar a uma rivalidade entre os dois irmãos que, algumas vezes, deu lugar a confrontos armados. Em 1325, D. Afonso IV tornou-se rei e, como primeira decisão, exilou Afonso Sanches para Castela, retirando-lhe de caminho todas as terras, títulos e feudos concedidos pelo pai de ambos. O exilado não se conformou e do outro lado da fronteira orquestrou uma série de manobras políticas e militares com o fim de se tornar ele próprio rei. Depois de várias tentativas de invasão falhadas, os irmãos assinaram um tratado de paz, sob o patrocínio da Rainha Santa Isabel.
Em 1309, D. Afonso IV casou com a infanta Beatriz, filha do rei Sancho IV de Castela. A primogénita desta união, a princesa D. Maria de Portugal, casou com D. Afonso XI de Castela em 1328, mas o casamento revelou-se infeliz, dado que o Rei de Castela maltratava abertamente a mulher. D. Afonso IV não ficou contente por ver sua filha menosprezada e atacou as terras fronteiriças de Castela em retaliação. A paz chegou quatro anos mais tarde e, com a intervenção da própria D. Maria de Portugal, um tratado foi assinado em Sevilha em 1339. No ano seguinte, em outubro de 1340, tropas portuguesas participaram na grande vitória da Batalha do Salado contra os mouros merínidas.
Em 1343 houve no reino grande carestia de cereais e em 1346, a fim de fazer sua aliança com o rei de Aragão, D. Afonso IV enviou a Barcelona um embaixador para a assinatura do acordo entre o rei e D. Pedro IV de Aragão com vista à realização do casamento da infanta D. Leonor. Em 1347 ocorreu um sismo que abalou Coimbra, tendo causado enormes prejuízos, e, em 1348, a peste negra, vinda da Europa, assola o país.
De todos os problemas foi a peste o mais grave, vitimando grande parte da população e causando grande desordem no reino. O rei reagiu prontamente, tendo promulgado legislação a reprimir a mendicidade e a ociosidade.
A última parte do reinado de D. Afonso IV foi marcada por intrigas políticas e conflitos internos em grande parte devidos à presença em solo português de refugiados da guerra civil entre D. Pedro I de Castela e o seu meio-irmão D. Henrique da Trastâmara.
Entre os exilados contavam-se vários nobres, habituados ao poder, que cedo criaram a sua própria facção dentro da Corte portuguesa. Quando Inês de Castro se torna amante do príncipe herdeiro D. Pedro, os nobres castelhanos cresceram em poder e favor real.
D. Afonso IV não ficou agradado com o favoritismo concedidos aos castelhanos e procurou várias formas de afastar D. Inês do filho. Sem sucesso, porque D. Pedro assumiu tanto a relação com a castelhana como os filhos ilegítimos que dela teve, acrescentando em 1349 a recusa de tornar a casar com outra mulher que não ela. Com o passar dos anos D. Afonso IV perdeu o controlo da situação, a fação castelhana e D. Inês aumentavam o seu poder, enquanto o único filho legítimo de D. Pedro, o futuro rei D. Fernando, crescia como uma criança doente. Preocupado com a vida do único neto que reconhecia e com o acréscimo de poder estrangeiro dentro de fronteiras, D. Afonso IV ordena a morte de D. Inês de Castro, em 1355. Ao contrário do que esperava, o seu filho não se aproximou de si. Perdendo a cabeça, D. Pedro entrou em guerra aberta contra o pai e saqueou a região do Entre-Douro-e-Minho. A reconciliação chegou apenas em 1357, entregando o rei ao príncipe grande parte do poder. D. Afonso IV morreu pouco tempo depois.
Como rei, D. Afonso IV é lembrado como um comandante militar corajoso, daí o cognome de Bravo. A sua maior contribuição a nível económico e administrativo foi a importância dada ao desenvolvimento da marinha portuguesa. D. Afonso IV subsidiou a construção de uma marinha mercante e financiou as primeiras viagens de exploração Atlântica. As Ilhas Canárias foram descobertas no seu reinado.
Jaz na Sé de Lisboa.

Leopold Mozart, o pai de Wolfgang, morreu há 230 anos

Johann Georg Leopold Mozart (Augsburgo, 14 de novembro de 1719 - Salzburgo, 28 de maio de 1787) foi um compositor, regente, professor de música e violinista.

Leopold nasceu em Augsburgo em 1719, filho de Johann Georg Mozart e Anna Maria Sulzer. Casou-se com Anna Maria Pertl Mozart, tendo sete filhos, mas só dois sobreviveram, Maria Anna Walburga Ignatia e Wolfgang Amadeus Mozart, os outros morreram todos com menos de 1 ano de idade. Quando descobriu que tinha um menino prodígio, Wolfgang, levou o pequeno de 5 anos pela Europa para apresentá-lo a todos e mostrar do que ele era capaz. Leopold iniciou Wolfgang na música, apresentava-o a reis, príncipes, e outros membros da nobreza e do clero.
Compôs uma grande variedade de música, sendo bastante conhecido em sua época principalmente na região da Alemanha. Suas composições incluem mais de 30 grandes serenatas; 12 oratórios; música para pantomimas; música turca (muito em voga na década de 1760); música contrapontística; 3 sonatas para pianoforte; música de igreja, divertimentos e trios para diversos instrumentos e um grande número de sinfonias e concertos, especialmente para flauta transversal, oboé, fagote, trompete, etc, sem falar das centenas de minuetos e outras danças populares do período.
Muito de sua obra se perdeu ou foi esquecida com o passar dos anos em razão da supervalorização das obras de seu filho Wolfgang, mas a Cassação em Sol para orquestra e a Sinfonia Brinquedo, atribuida no passado a Joseph Haydn, permanecem populares entre suas sinfonias, assim como seu Concerto para Trompete.


O rei Eduardo VIII morreu há 45 anos

Duque e Duquesa de Windsor com o presidente americano Richard Nixon, em 1970

Eduardo Alberto Cristiano Jorge André Patrício Davi (em inglês: Edward Albert Christian George Andrew Patrick David) (White Lodge, 23 de junho de 1894Neuilly-sur-Seine, 28 de maio de 1972) foi rei do Reino Unido e dos Domínios da Commonwealth e imperador da Índia, entre 20 de janeiro e 11 de dezembro de 1936, com o título de Eduardo VIII.
Antes de sua ascensão ao trono, Eduardo foi Príncipe de Gales, Duque da Cornualha e Rothesay. Quando jovem, serviu nas Forças Armadas do Reino Unido durante a Primeira Guerra Mundial e realizou várias viagens ao exterior em nome de seu pai, Jorge V. Esteve envolvido com várias mulheres mais velhas e casadas, mas permaneceu solteiro até depois da sua abdicação como rei.
Eduardo tornou-se rei com a morte do seu pai, no início de 1936. Ele mostrava-se impaciente com os protocolos da corte e a sua aparente indiferença para com as convenções constitucionais estabelecidas preocupava os políticos. Com poucos meses de reinado, ele causou uma crise constitucional ao propor casamento à socialite americana Wallis Simpson, divorciada do primeiro marido e em vias de se divorciar do segundo. Os primeiros-ministros do Reino Unido e dos domínios eram contrários ao casamento, argumentando que o povo nunca aceitaria uma mulher divorciada com dois ex-maridos vivos como rainha. Além disso, tal casamento entraria em conflito com o status de Eduardo como Governador Supremo da Igreja de Inglaterra, que proibia o casamento de pessoas divorciadas enquanto os seus ex-cônjuges ainda estivessem vivos. Eduardo sabia que o governo liderado pelo primeiro-ministro britânico Stanley Baldwin renunciaria se os planos de casamento fossem em frente, o que poderia arrastar o rei a uma eleição geral e arruinar o seu status de monarca constitucional politicamente neutro. Optando por não encerrar o seu relacionamento com Wallis Simpson, Eduardo acabou por abdicar, sendo sucedido pelo seu irmão mais novo, Alberto, que escolheu o nome de reinado de Jorge VI. Ocupando o trono apenas 326 dias, Eduardo foi um dos monarcas com o reinado mais curto em toda a história britânica e da Commonwealth e nunca foi coroado.
Após sua abdicação, foi-lhe concedido o título de Duque de Windsor. Casou-se com Wallis Simpson na França, em 3 de junho de 1937, após a confirmação do segundo divórcio dela. Nesse mesmo ano, o casal visitou a Alemanha. Durante a Segunda Guerra Mundial, ele serviu inicialmente na missão militar britânica na França, mas, após acusações de que nutria simpatias pelos nazis, foi designado governador das Bahamas. Com o término da guerra, ele nunca mais desempenhou outra função oficial, passando o resto de sua vida retirado na França.

Brasão do Duque de Windsor

há trinta anos um avião conseguiu aterrar na Praça Vermelha

Mathias Rust (born 1 June 1968) is a German aviator known for his illegal landing near Red Square in Moscow on 28 May 1987. An amateur pilot, he flew from Helsinki, Finland to Moscow, being tracked several times by Soviet air defense and interceptors. The Soviet fighters never received permission to shoot him down, and several times he was mistaken for a friendly aircraft. He landed on Vasilevsky Descent next to Red Square near the Kremlin in the capital of the Soviet Union.
Rust said he wanted to create an "imaginary bridge" to the East, and he has said that his flight was intended to reduce tension and suspicion between the two Cold War sides. Rust's flight through a supposedly impenetrable air defense system had great effect on the Soviet military and led to the dismissal of many senior officers, including Minister of Defense Marshal of the Soviet Union Sergei Sokolov and the Commander-in-Chief of the Soviet Air Defence Forces, former World War II fighter ace pilot Chief Marshal Alexander Koldunov. The incident aided Mikhail Gorbachev in the implementation of his reforms, by allowing him to dismiss numerous military officials opposed to his policies.

Flight profile
Rust, aged 18, was an inexperienced pilot, with about 50 hours of flying experience at the time of his flight. On 13 May 1987, Rust left Uetersen near Hamburg and his home town Wedel in his rented Reims Cessna F172P D-ECJB, which was modified by removing some of the seats and replacing them with auxiliary fuel tanks. He spent the next two weeks traveling across Northern Europe, visiting the Faroe islands, spending a week in Iceland, and then visiting Bergen on his way back. He was later quoted as saying that he had the idea of attempting to reach Moscow even before the departure, and he saw the trip to Iceland (where he visited Hofdi House, the site of unsuccessful talks between the United States and the Soviet Union in October 1986) as a way to test his piloting skills.
In the morning of 28 May 1987, Rust refueled at Helsinki-Malmi Airport. He told air traffic control that he was going to Stockholm, and took off at 12:21 p.m. However, immediately after his final communication with traffic control he turned his plane to the east. Air controllers tried to contact him as he was moving around the busy Helsinki–Moscow route, but Rust turned off all communications equipment aboard.
Rust disappeared from the Finnish air traffic radar near Espoo. Control personnel presumed an emergency and a rescue effort was organized, including a Finnish Border Guard patrol boat. They found an oil patch near the place where Rust disappeared from radar and performed an underwater search with no results. Rust was later fined about €77,500 ($105,000 USD) for this effort. The origin of the oil patch remains unknown.
Rust crossed the Baltic coastline over Estonia and turned towards Moscow. At 14:29 he appeared on Soviet Air Defense (PVO) radar and, after failure to reply to an IFF signal, was assigned combat number 8255. Three SAM divisions tracked him for some time, but failed to obtain permission to launch at him. All air defenses were brought to readiness and two interceptors were sent to investigate. At 14:48 near the city of Gdov one of the pilots observed a white sport plane similar to a Yakovlev Yak-12 and asked for permission to engage, but was denied.
The fighters lost contact with Rust soon after this. While they were being directed back to him he disappeared from radar near Staraya Russa. West German magazine Bunte speculated that he might have landed there for some time, citing that he changed his clothes somewhere during his flight and that he took too much time to fly to Moscow considering his plane's speed and the weather conditions.
Air defense re-established contact with Rust's plane several times but confusion followed all of these events. The PVO system had shortly before been divided into several districts, which simplified management but created additional overhead for tracking officers at the districts' borders. The local air regiment near Pskov was on maneuvers and, due to inexperienced pilots' tendency to forget correct IFF designator settings, local control officers assigned all traffic in the area friendly status, including Rust.
Near Torzhok there was a similar situation, as increased air traffic was created by a rescue effort for an air crash the previous day. Rust, flying a slow propeller-driven aircraft, was confused with one of the helicopters taking part in the rescue. He was spotted several more times and given false friendly recognition twice. Rust was considered as a domestic training plane defying regulations, and was issued least priority.
Around 7:00 p.m. Rust appeared above downtown Moscow. He had initially intended to land in the Kremlin, but changed his mind: he reasoned that landing inside, hidden by the Kremlin walls, would have allowed the KGB to simply arrest him and deny the incident. Therefore, he changed his landing spot to Red Square. Heavy pedestrian traffic did not allow him to land there either, so after circling about the square one more time, he was able to land on a Bolshoy Moskvoretsky Bridge by St. Basil's Cathedral. A later inquiry found that trolleybus wires normally strung over the bridge - which would have incidentally prevented his landing there - had been removed for maintenance that very morning, and were replaced the day after. After taxiing past the cathedral he stopped about 100 metres (330 ft) from the square, where he was greeted by curious passersby and was asked for autographs. When asked where he was from, he replied "Germany" making the bystanders think he was from East Germany; but when he said West Germany, they were surprised. A British doctor videotaped Rust circling over Red Square and landing on the bridge. Rust was arrested two hours later.
  
Aftermath
Rust's trial began in Moscow on 2 September 1987. He was sentenced to four years in a general-regime labor camp for hooliganism, for disregard of aviation laws, and for breaching the Soviet border. He was never transferred to a labor camp, however, and instead served his time at the high security Lefortovo temporary detention facility in Moscow. Two months later, Reagan and Gorbachev agreed to sign a treaty to eliminate intermediate-range nuclear weapons in Europe, and the Supreme Soviet ordered Rust to be released in August 1988 as a goodwill gesture to the West.
  
In popular culture
Because Rust's flight seemed like a blow to the authority of the Soviet regime, it was the source of numerous jokes and urban legends. For a while after the incident, Red Square was jokingly referred to by Muscovites as Sheremetyevo-3 (Sheremetyevo-1 and -2 being the two terminals at Moscow's main international airport). At the end of 1987, the police radio code used by law enforcement officers in Moscow was allegedly updated to include a code for an aircraft landing.
Shortly after the incident, SubLogic, the original publishers of the Flight Simulator franchise, issued a scenery disk that expanded the original program's coverage area to include the Eastern Bloc. A challenge in the expansion pack was to land in Red Square as Rust had just done.

sábado, maio 27, 2017

A bailarina Isadora Duncan nasceu há 140 anos


Angela Isadora Duncan (São Francisco, 27 de maio de 1877Nice, 14 de setembro de 1927) foi uma bailarina, considerada a precursora da dança moderna.

Christopher Lee nasceu há 95 anos

Christopher Frank Carandini Lee (Londres, 27 de maio de 1922 - Londres, 7 de junho de 2015) foi um ator britânico conhecido por sua versatilidade e longevidade cinematográfica, além de um notório cantor de metal progressivo.

A Ponte Golden Gate faz hoje 80 anos

A Golden Gate Bridge (em português: Ponte Portão Dourado) é uma ponte localizada no estado da Califórnia, nos Estados Unidos, que liga a cidade de São Francisco a Sausalito, na região metropolitana de São Francisco, sobre o estreito de Golden Gate. A ponte é o principal cartão postal da cidade, uma das mais conhecidas construções dos Estados Unidos, e é considerada uma das Sete maravilhas do Mundo Moderno pela Sociedade Americana de Engenheiros Civis.

Foi há 75 anos que o Carniceiro de Praga foi alvo de um atentado

Reinhard Tristan Eugen Heydrich (Halle an der Saale, 7 de março de 1904 - Praga, 4 de junho de 1942) foi um dos líderes da Schutzstaffel durante o regime nacional-socialista na Alemanha. Chegou a alcançar o posto de Obergruppenführer dentro da SS, a temida tropa de choque nazi. Reinhard liderou a RSHA e foi por dois anos presidente da Interpol.
Era conhecido pela alcunha Protektor, por ter assumido o cargo de protetor dos territórios da Boémia e Morávia (nome pelo qual ficou conhecida a ex-Checoslováquia anexada pelos nazis em 1939), em 1941, quando Konstantin von Neurath se revelou incapaz de reprimir as manifestações dos patriotas checos. Os horrores que ali cometeu e o terror que infundiu às pessoas valeram-lhe um cognome: o Carniceiro de Praga.
Hoje, poucos duvidam da sua perícia à frente do Sicherheitsdienst (SD - Serviço de Segurança), vinculada às SS e com o objetivo de investigar, prender e eliminar toda a oposição ao regime nazi, em especial nos países ocupados. O SD, sob Heydrich, perseguiu comunistas, judeus e outros grupos religiosos que recusaram aderir ao nazismo, como as Testemunhas de Jeová. Além disso, Heydrich actuou como uma espécie de supervisor da "Solução Final" (Endlösung, em alemão), eufemismo pelo qual os nazis se referiam ao plano de extermínio da comunidade judaica. Nessa altura, ele foi incumbido por Hitler de exercer o seu trabalho in loco na Checoslováquia ocupada, onde se sabia da existência de um movimento de resistência nacional.
Na juventude, ganhou reputação pela sua habilidade desportiva – era um exímio esgrimista – e musical, ao ponto de seus pais terem sonhado com a possibilidade de ver o jovem Reinhard tornar-se um violinista famoso.
(...)
Uma vez na Checoslováquia ocupada pelos nazis, Heydrich passou a exercer o seu poder tirânico através de assassinatos, prisões, torturas e quaisquer métodos similares que fossem necessários para controlar o movimento da resistência Checa, liderado desde Londres pelo ex-presidente do país, Eduard Benes. A política de Peitsche und Zücker (tradução: chicote e açúcar) fez de Heydrich, rapidamente, uma figura tão ou mais odiada pelos checoslovacos do que o próprio Adolf Hitler. A 27 de maio de 1942, dois militares checos, Jan Kubis e Josef Gabcik, membros do comando Anthropoid, encarregaram-se de protagonizar um atentado contra a vida de Heydrich. Ambos saltaram de pára-quedas meses antes, numa área próxima a Praga, e logo se dedicaram a procurar um local ideal para executar os seus planos. A tentativa de assassinato resultaria em parte graças à arrogância de Heydrich, que insistia em se deslocar pelas ruas de Praga num carro descapotável – contrariando as advertências de seus subordinados, que recomendavam que o Protektor utilizasse carros blindados.
Na manhã de 27 de maio de 1942, Heydrich saiu no seu carro, acompanhado pelo seu motorista, para apanhar um avião até Berlim. Kubis e Gabcik esperavam a postos numa curva entre as ruas Kirchmayer e V Holesóvickach, onde supostamente o carro passaria devagar. Gabcik utilizava uma pistola-metralhadora Sten de fabricação britânica, que deveria disparar contra o Mercedes-Benz do Protektor – mas a arma encravou. Reagindo à falha da arma do companheiro, Kubis lançou uma bomba artesanal, atingindo o carro de Heydrich, e ferindo-o gravemente quando Heydrich saía do carro para acertar contas com Gabcik – os dois receberam intenso treino no quartel de Dovercourt, Reino Unido, antes de executarem a sua missão. Com o impacto da explosão da granada, Heydrich teve o baço perfurado por estilhaços tendo mais tarde, devido a infecção, ficado com septicemia.

Siouxsie Sioux nasceu há 60 anos!

Susan Janet Ballion (Bromley, em Londres, 27 de maio de 1957) mais conhecida como Siouxsie Sioux é uma cantora britânica, vocalista da banda punk Siouxsie and the Banshees, e de seu projeto paralelo formado com Budgie, a banda The Creatures. Considerada uma das mais importantes artistas de sua geração e um dos ícones do rock desde a década de 1970 até aos dias de hoje, influenciando vários artistas de sua época e posteriormente.
É a mais nova entre três irmãos e nasceu no Guy's Hospital no Sul de Londres. Estudou na Mottingham Secondary Modern School for Girls, em Kent. A sua mãe foi uma secretária bilingue e o seu pai um técnico de laboratório.
Quando Sioux tinha 14 anos, o seu pai faleceu devido complicações relacionadas com o alcoolismo. Aos 15 anos, sofreu de colite ulcerosa, uma experiência que mais tarde ela descreveu como "surreal" e declararia mais adiante que "isso desromantizou completamente o corpo para ela."
Enquanto crescia, Sioux percebeu estar num ambiente sem disciplina. Antes da morte do seu pai, o alcoolismo o manteve incapacitado, forçando a sua mãe a trabalhar o tempo todo. Até mesmo o jardim da casa deles, a norte de Petts Wood, cresceu para dentro da floresta, com sebes e roseiras altas, a ponto dos seus vizinhos reclamarem.
Durante a sua adolescência, ela começou a aprofundar os conhecimentos musicais de gente como David Bowie, Lou Reed, T.Rex e The Stooges. Começou também frequentar os clubes e discotecas londrinas nesta época. Ela tornou-se bastante conhecida no cenário punk de Londres devido ao seu chocante jeito de se vestir, que incorporava t-shirts com imagens sexuais e palavrões, correntes e acessórios SM, bem como um novo estilo de maquilhagem com destaque ao uso de lápis delineador preto nos olhos, o que acabaria se tornando base tanto para a moda gótica quanto para o estilo punk.
Além disso, ela trabalhou por um tempo como modelo vivo da vitrine da loja de Vivienne Westwood (famosa estilista punk).
Em meados dos anos 70, Siouxsie pertenceu ao Bromley Contingent, um grupo de jovens fãs dos Sex Pistols. Também faziam parte deste contingente Billy Idol, Soo Catwoman, Jordan, e o amigo também fundador do Siouxsie & The Banshees, Steven Severin.
A primeira aparição de Sioux foi com a sua futura banda, Siouxsie & The Banshees, numa apresentação no "Punk Rock Festival" realizado no 100 Club's - duas noites no mês de setembro de 1976 - organizado por Malcolm McLaren.
Uma das primeiras aparições públicas de Siouxsie foi com os Sex Pistols, no programa televisivo de Bill Grundy, em dezembro de 1976, como integrante do Bromley Contingent. Durante a entrevista com os membros do Sex Pistols, ele tentou "cantar" Siouxsie. Foi em reação a esta troca de palavras que o guitarrista dos Sex Pistols, Steve Jones, soltou uma série de palavrões extremamente ofensivos a Grundy, deixando os media furiosos e que traria um maior impacto na carreira dos Sex Pistols.
 
Siouxsie and the Banshees
Pouco tempo após a entrevista de Grundy, Siouxsie formou a banda Siouxsie and the Banshees com os amigos de Bromley Contigent, Steven Severin no baixo, Marco Pirroni na guitarra e, por um curto período, o futuro baixista dos Sex Pistols, John Simon Ritchie, mais conhecido como Sid Vicious, na bateria. Vicious fora substituído por Kenny Morris, Pirroni foi substituído por Peter Fenton e depois seria trocado por John Mckay.
A partir do primeiro álbum, The Scream, de 1978, até ao rompimento da banda, em 1996, Siouxsie & the Banshees foi uma das mais bem sucedidas bandas de pós-punk.
McKay e Morris deixaram a banda ao meio de uma turnê. A separação envolveu um argumento que envolve uma sessão de autógrafos em Aberdeen, numa extinta loja de discos chamada "The Other Record Shop". Como a turnê era com os The Cure, o sempre amável Robert Smith esteve tocando guitarra nas duas bandas por um curto período.
Em 1981, ela e Budgie formaram a banda The Creatures, que grava e faz shows esporadicamente até aos dias de hoje.
Pós Banshees e anos 2000
Sioux casou-se com Budgie em 1991. O ano seguinte, aparentemente "cheio de fãs que olhavam para o apartamento deles através das janelas", no oeste de Londres, os dois mudaram-se para a França. Atualmente, eles vivem numa convertida casa de quinta em um lugar no sudoeste francês, onde eles têm "um jardim, gatos e montanhas de livros." Alguns anos depois, eles montaram o seu próprio selo musical, Sioux Records, e recentemente terminaram de construir um estúdio na casa deles.
Siouxsie gravou a faixa “Interlude” em 1994 com Morrissey, ex-vocalista dos Smiths e fez outras participações nos discos de Marc Almond. Relembrando os tempos em que era manequim-viva da loja de Vivienne Westwood, Siouxsie chegou até mesmo a participar em 1998 de um desfile de Jean-Paul Gaultier.
Em 1995, ela gravou a música "The Lighthouse" no álbum do produtr francês Hector Zazou, intitulado Chansons des mers froides (Songs from the Cold Seas). Siouxsie e Zazou adaptaram um excerto do poema "Flannan Isle" do poeta inglês Wilfred Wilson Gibson na letra. A canção inclui os encantamentos de uma shaman Nanai gravados na Sibéria, e na performance musical teve as participações de Budgie e Mark Isham.
Em 2003, Siouxsie foi vocalista convidada pelo Basement Jaxx na música "Cish Cash".
Ganhou o Icon Award no Mojo Honours em London, no mês de Junho de 2005.
Em meados de 2005, Siouxsie Sioux lançou um DVD solo intitulado "Dreamshow", com várias canções de quando ela dividia o tempo entre os Siouxsie and the Banshees e The Creatures. Ela vestiu uma grande quantidade de intricados e belos trajes inspirados em roupas japonesas e foi acompanhada por uma orquestra, bem como por Budgie e Leonard Eto, o colaborador do álbum Hai!, dos The Creatures. O DVD também inclui as mais obscuras canções que não eram habitualmente tocadas ao vivo, como os clássicos dos Banshees, "Obsession", "Shooting Sun", "The Rapture" e "Not Forgotten". O DVD também possui um bónus especial, com uma performance no 100 Club, onde os Siouxsie & the Banshees tocaram na sua primeira apresentação.
Siouxsie canta atualmente a solo. O último álbum, Mantaray, saiu em setembro de 2007