sábado, março 25, 2017

Elton John faz hoje 70 anos!

Sir Elton Hercules John,  nascido Reginald Kenneth Dwight, (Londres, 25 de março de 1947), é um pianista, cantor, compositor e produtor. Tem o letrista Bernie Taupin como parceiro de composições desde 1967, com mais de trinta álbuns produzidos juntos. Na sua carreira de cinco décadas, Elton John já vendeu mais de 300 milhões de discos, tornando-o um dos músicos de maior sucesso no mundo. O artista tem mais de cinquenta sucessos no Top 40, incluindo sete álbuns No. 1 consecutivos nos Estados Unidos, 58 singles na Billboard Top 40, 27 Top 10, quatro n.º 2 e nove n.º 1. Durante 31 anos consecutivos (1970-2000), teve ao menos uma canção na Billboard Hot 100. O seu único tributo, uma canção reescrita em 1997 em homenagem à amiga falecida princesa Diana, Candle in the Wind, vendeu mais de 33 milhões de cópias em todo o mundo, sendo o single mais vendido na história do Reino Unido e dos EUA nas paradas de singles. Elton John também compôs as músicas, produziu álbuns, e ocasionalmente atuou em filmes. Foi dono do Watford Football Club de 1976 a 1987 e de 1997 a 2002. É presidente honorário vitalício do clube, e em 2014, uma das arquibancadas do estádio do clube, com capacidade para 3 400 espectadores, recebeu oficialmente o nome "The Sir Elton John".
O nome de registo de Elton John é Reginald Dwight. Nascido em 1947, cresceu na área de Pinner, Londres. Aprendeu a tocar piano cedo, e em 1962 formou uma banda de blues chamada Bluesology. Conheceu o seu parceiro Bernie Taupin em 1967, depois de ambos responderem a um anúncio para compositores. Durante dois anos produziram canções para outros artistas, incluindo Roger Cook e Lulu. John também trabalhou como músico de estúdio para artistas como The Hollies e The Scaffold. Em 1969, lançou o seu álbum de estreia, Empty Sky. Em 1970, lançou o single Your Song, de seu segundo álbum, Elton John, alcançando o top dez no Reino Unido e dos EUA, o seu primeiro single de sucesso.
Elton John recebeu cinco prémios Grammy, cinco Brit Awards - vencendo dois prémios de contribuição para a música e o primeiro Brits Ícone em 2013 pelo seu "impacto duradouro sobre a cultura britânica", um Óscar, um Globo de Ouro, um prémio Tony, um Disney Legends e o Kennedy Center Honors, em 2004. No mesmo ano, a revista Rolling Stone classificou-o em 49º lugar na sua lista dos cem músicos mais influentes da era do rock and roll. Em 2013, a Billboard o colocou como o artista a solo masculino mais bem sucedido na Billboard Hot 100 de todos os tempos (terceiro no geral atrás dos Beatles e Madonna). Ele foi colocado no Rock and Roll Hall of Fame em 1994, no Songwriters Hall of Fame e é membro da Academia Britânica de Letristas, Compositores e Autores. Foi condecorado com a Ordem do Império Britânico em 1996 e feito Cavaleiro Celibatário em 1998, pela rainha Elizabeth II, por "serviços prestados à música e serviços de caridade". Já se apresentou em vários eventos para a família real britânica, como no funeral da princesa Diana na Abadia de Westminster em 1997, a festa no Palácio em 2002 e no Concerto do Jubileu de Diamante da Rainha nos jardins do Palácio de Buckingham, em 2012.
O artista tem se envolvido intensamente na luta contra a SIDA desde o final dos anos 1980. Em 1992, criou a Fundação Elton John para a SIDA e a partir do ano seguinte, passou a hospedar na sua sede, a festa anual do Óscar, que desde então se tornou um dos eventos do Óscar de maior destaque na indústria cinematográfica de Hollywood. Desde a sua criação, a fundação arrecadou mais de 200 milhões de dólares. John, que anunciou ser bissexual em 1976, assumiu publicamente ser gay em 1988. Assumiu a união civil com David Furnish, em 21 de dezembro de 2005, e depois que o casamento entre pessoas do mesmo sexo se tornou legal na Inglaterra e País de Gales, em 2014, eles casaram em 21 de dezembro de 2014. O Projeto My Hero nos EUA, fundado em 1995, que em 2013 atuava em 194 países e que busca identificar pessoas que se tornaram símbolos de alguma causa, considera Elton John "Herói na categoria música", por sua atuação nos movimentos sociais LGBT por todo o mundo.
 
 

Enviar um comentário