quarta-feira, fevereiro 08, 2017

von Neumann morreu há 60 anos

John von Neumann, nascido Margittai Neumann János Lajos (Budapeste, 28 de dezembro de 1903 - Washington, D.C., 8 de fevereiro de 1957) foi um matemático húngaro de origem judaica, naturalizado norte-americano.
Deu contributos excecionais para a ciência, nomeadamente para a teoria dos conjuntos, análise funcional, teoria ergódica, mecânica quântica, ciência da computação, economia, teoria dos jogos, análise numérica, hidrodinâmica das explosões, estatística e muitas outras as áreas da matemática. De facto é considerado um dos mais importantes matemáticos do século XX.
Foi membro do Instituto de Estudos Avançados de Princeton, Nova Jérsei, do qual também faziam parte Albert Einstein e Erwin Panofsky, quando emigraram para os Estados Unidos, além de Kurt Gödel, Robert Oppenheimer, George F. Kennan e Hermann Weyl. Com Edward Teller e Stanisław Ulam, von Neumann trabalhou em desenvolvimentos chave da Física Nuclear, relacionados com reações termonucleares e com a bomba de hidrogénio. Participou também do Projeto Manhattan, responsável pelo desenvolvimento das primeiras bombas atômicas.
Foi professor na Universidade de Princeton e um dos construtores do ENIAC. Entre os anos de 1946 e 1953, von Neumann integrou o grupo reunido sob o nome de Macy Conferences, contribuindo para a consolidação da teoria cibernética junto com outros cientistas famosos, com Gregory Bateson, Heinz von Foerster, Kurt Lewin, Margaret Mead, Norbert Wiener, Paul Lazarsfeld, William Ross Ashby, Claude Shannon, Erik Erikson e Max Delbrück, entre outros. Von Neumann faleceu pouco depois, aos 53 anos, vítima de um tumor cerebral.

Enviar um comentário