segunda-feira, fevereiro 27, 2017

Borodin morreu há 130 anos


Filho ilegítimo do príncipe georgiano Luka Gedevanishvili (ou Gedianov, em russo), teve a sua paternidade atribuída a um servo do nobre, Porfiry Borodin. Apesar de ter recebido lições de piano enquanto criança, a sua educação foi direcionada para as ciências. Formado em medicina e interessado pela química, aperfeiçoou os seus conhecimentos científicos em Heidelberg, na Alemanha , entre1859 e 1862.
Em toda a sua vida, Borodin dedicou-se quase inteiramente à química, escrevendo muitos tratados científicos e fazendo muitas descobertas, nomeadamente no campo da Química Orgânica. Também foi professor de química orgânica na Academia Militar de São Petersburgo (1864-1887). Considerava-se apenas "um compositor aos domingos".
Vítima da cólera, morreu em 1887, de insuficiência cardíaca, durante um baile de máscaras na Academia de Medicina de São Petersburgo. Foi sepultado no Cemitério Tikhvin, no Mosteiro Aleksandr Nevsky, em São Petersburgo.


Enviar um comentário