terça-feira, janeiro 10, 2017

Mano Solo morreu há sete anos

Mano Solo, nome artístico de Emmanuel Cabut (Châlons-sur-Marne, 24 de abril de 1963 - Paris, 10 de janeiro de 2010), foi um cantor, desenhador, guitarrista e pintor francês.
Era filho do caricaturista Cabu, morto no massacre do Charlie Hebdo, em 7 de janeiro de 2015.
Morreu aos 46 anos, vítima de derrames de múltiplos aneurismas cerebrais, sofridos em novembro de 2009, agravados pela SIDA.
 
 

Enviar um comentário