quarta-feira, dezembro 14, 2016

O príncipe Alberto, marido da Rainha Vitória do Reino Unido, morreu há 155 anos

Francisco Alberto Augusto Carlos Emanuel (Coburgo, 26 de agosto de 1819Windsor, 14 de dezembro de 1861) foi o marido da rainha Vitória e príncipe consorte do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda de 1840 até à sua morte.
Nasceu no ducado saxão de Saxe-Coburgo-Saalfeld em uma família com relações familiares com vários monarcas europeus e aos vinte anos de idade casou-se com a sua prima direita Vitória, de quem teve nove filhos. Ao início sentia-se restringido pela sua posição de consorte, que não lhe dava nenhum poder ou função oficial. Com o passar do tempo adotou várias causas, como uma reforma educacional e a abolição mundial da escravatura, também assumindo responsabilidades administrativas da funcionários, propriedades e escritório da rainha. Alberto envolveu-se ativamente na organização da Grande Exposição de 1851 e ajudou no desenvolvimento da monarquia constitucional britânica, ao persuadir sua esposa a mostrar menos partidarismo nos assuntos do parlamento - mesmo discordando ativamente da política internacional intervencionista promovida por Henry Temple, 3.º Visconde Palmerston, o secretário de assuntos estrangeiros.
Morreu jovem, aos 42 anos de idade, deixando Vitória em estado de profundo luto, que durou pelo resto de sua vida. Quando a rainha morreu, em janeiro de 1901, o seu filho mais velho, Eduardo VII, sucedeu-lhe como o primeiro monarca britânico da Casa de Saxe-Coburgo-Gota, nomeada por causa da casa ducal à qual Alberto pertencia.
 

Enviar um comentário