sábado, janeiro 16, 2016

Há 21 anos um sismo matou mais de seis mil pessoas no Japão

O Sismo de Kobe de 1995 ou Grande Sismo de Hanshin-Awaji como ficou conhecido localmente, foi um sismo ocorrido na terça-feira, 17 de janeiro de 1995 às 05:46 JST (ou 16 de janeiro às 20:46 UTC) no sul da Prefeitura de Hyōgo, no Japão. Atingiu a magnitude 6,8 na escala de magnitude de momento (USGS) e de Mj7,3 (revista, inicialmente 7,2) na escala de intensidade sísmica da Agência Meteorológica do Japão. O tremor de terra durou cerca de 20 segundos e o hipocentro localizou-se 16 km abaixo do seu epicentro, na extremidade norte da ilha Awaji, a 20 km da cidade de Kobe.
Aproximadamente 6.434 pessoas perderam a vida (estimativas finais, a 22 de dezembro de 2005); cerca de 4.600 eram habitantes de Kobe. De entre as maiores cidades do Japão, Kobe, com os seus 1,5 milhões de habitantes, era a que se encontrava mais próxima do epicentro e aquela que foi atingida pelos tremores mais violentos. Foi o sismo com mais impacto no Japão durante o século XX a seguir ao Grande sismo de Kantō de 1923, o qual provocou a morte de 140.000 pessoas. Os danos causados foram estimados em cerca de dez mil biliões de ienes, ou 2,5% do PIB do Japão nessa altura. Com base numa taxa de câmbio média dos 500 dias de 97,545 ienes/dólar, os prejuízos do sismo terão sido equivalentes a 102,5 mil milhões de dólares.

Enviar um comentário