quarta-feira, setembro 30, 2015

James Dean morreu há 60 anos

James Byron Dean (Marion, Indiana, 8 de fevereiro de 1931 - Cholame, Califórnia, 30 de setembro de 1955) foi um ator norte-americano. É considerado um ícone cultural, como a melhor personificação da rebeldia e angústias próprias da juventude da década de 50.

(...)
  
Morte
Quando se dirigia para uma corrida, a 30 de setembro de 1955, viu-se envolvido num acidente fatal, partindo imediatamente a coluna vertebral e sofrendo de hemorragias internas. Quando foi colocado na ambulância, o passageiro que estava a seu lado, o mecânico Rolf Wütherich, ouviu "um grito suave emitido por Jimmy - a lamúria de um menino chamando sua mãe ou de um homem encarando Deus."
No dia em que morreu, James Dean ainda esgotava ingressos com o seu primeiro filme. A consagração final chegou poucos dias após a sua morte, quando o filme Juventude transviada chegou aos cinemas. Recebeu duas nomeações para o Oscar, postumamente. Em 1956, por A leste do paraíso (a primeira nomeação póstuma na história dos Óscares), e em 1957, por O Gigante, ambas por melhor ator. Ganhou dois prémios do Globo de Ouro, em 1956 como melhor ator e, no ano seguinte, num prémio especial que o consagrou como ator favorito do público.

Enviar um comentário