terça-feira, abril 07, 2015

Ravi Shankar nasceu há 95 anos

Pandita Ravi Shankar (nascido Robindro Shaunkor Chowdhury; Varanasi, 7 de abril de 1920 - San Diego, 11 de dezembro de 2012) foi um compositor e músico indiano. Ravi Shankar ficou conhecido em todo o mundo na década de 1960 ao colaborar com astros pop como os Beatles. Ravi Shankar foi considerado como o "padrinho de música do mundo". É pai da cantora e compositora Norah Jones.

Nascido como o mais novo de sete filhos de uma família brâmane bengali, o seu pai, V. Lakshinarayana, era professor de violino no seu país, o que contribuiu para que Shankar começasse a tocar esse instrumento quando tinha cinco anos. Uma década depois, deixou a Índia para viajar a Paris com a companhia de dança do seu irmão Uday. Em 1936, começou a estudar Sitar, instrumento tradicional indiano, sob a direção de Ustad Allauddin Khan, e pouco depois começou a fazer excursões pela Europa e EUA.
Alcançou a fama no Ocidente graças à sua amizade com o guitarrista George Harrison, dos Beatles, de quem foi guru após conhecê-lo, em 1966. No ano seguinte, realizou seu primeiro dueto com o violinista Yehudi Menuhin, com o qual posteriormente colaborou em várias ocasiões.
Em 1969, viajou aos EUA com a intenção de aprofundar-se na música do Ocidente e, ao mesmo tempo, popularizar sua música hindu. Dois anos mais tarde, a pedido do Orquestra Sinfónica de Londres, compôs um concerto que estreou no Royal Festival Hall, na capital inglesa. Ravi Shankar participou do festival de Monterrey, em 1967 e 1969, e, ao lado de Jimi Hendrix, Joe Cocker, Janis Joplin e outros, no lendário Festival de Woodstock.
Shankar ensinou nas universidades de Nova York e Los Angeles, dirigiu a partir de 1970, o Departamento de Música Indiana no California Institute of the Arts. Compôs bandas sonoras de filmes diversos, entre outras coisas, do filme"Gandhi", de Richard Attenborough. Em 1986 foi nomeado pelo primeiro-ministro Rajiv Gandhi para a casa superior do Parlamento indiano, onde esteve até 1992.

O seu primeiro casamento em 1941, com a filha do músico Ustad Allauddin Khan, Annapurna Devi, terminou em 1982, após anos de separação nos quais manteve relações com Kamala Chakravarty e Sue Jones, mãe da cantora de jazz Norah Jones. Desde um relacionamento com Sukanya Shankar nasce a proeminente sitarista Anoushka Shankar em 1981. Por fim, Shankar se casou em 1989 com Sukanya Rajan, com quem viveu desde então entre San Diego e Nova Délhi. Ele também teve um filho, Shubhendra Shankar, que seguiu a carreira de sitarista até morrer, repentinamente, aos 50 anos, em 1992.


Enviar um comentário