quarta-feira, fevereiro 11, 2015

Whitney Houston morreu há três anos

Whitney Elizabeth Houston (Newark, 9 de agosto de 1963 - Beverly Hills, 11 de fevereiro de 2012) foi uma cantora norte-americana de R&B, pop, gospel, além de atriz e modelo. Whitney Houston foi a 3ª artista mais premiada de todos os tempos, segundo o Guinness World Records, e sua lista de prémios incluem dois Emmy Awards, sete Grammy Awards, trinta e um Billboard Music Awards, 22 American Music Awards, num um total de 425 prémios conquistados em sua carreira até 2013. Houston também foi uma das artistas mais bem sucedidas do mundo da música, tendo vendido mais de 200 milhões de cópias em todo o mundo. Inspirada por vários cantores de soul de destaque na sua família, incluindo a mãe, Cissy Houston, as primas Dionne Warwick e Dee Dee Warwick, bem como sua madrinha, Aretha Franklin, Houston começou a cantar com o coral gospel júnior Igreja de Nova Jersey aos 11 anos de idade. Depois que ela começou a atuar ao lado de sua mãe em casas noturnas na cidade de Nova York, ela foi descoberta por Clive Davis, empresário da Arista Records

(...)

Whitney foi reconhecida internacionalmente como uma das maiores artistas de todos os tempos, devido ao seu talento, legado e, principalmente, à sua voz marcante e lendária. Graças a esse talento vocal marcante, Whitney foi frequentemente chamada de The Voice (A Voz). Whitney é frequentemente comparada a grandes artistas do passado, como Frank Sinatra, Aretha Franklin e Elvis Presley e também está entre os 500 maiores artistas de todos os tempos da Revista Rolling Stone. Whitney faleceu a 11 de fevereiro de 2012. O laudo pericial do Instituto Criminal de Los Angeles disse que a morte de Whitney Houston foi acidental. A cantora afogou-se na banheira, mas, segundo os peritos, outros dois fatores contribuíram para a morte dela: uma doença nas artérias do coração e vestígios de cocaína que foram encontrados durante a autópsia.


Enviar um comentário