sábado, fevereiro 14, 2015

Há 86 anos a Máfia teve uma forma peculiar de comemorar o Dia dos Namorados

O Massacre do Dia de São Valentim ou Massacre do Dia dos Namorados é o nome que ficou conhecido o assassinato de sete pessoas ocorrido a 14 de fevereiro de 1929, durante o período da Lei Seca nos Estados Unidos da América, causado por um conflito entre duas poderosas quadrilhas de Chicago, Illinois. As quadrilhas eram o Gangue do Lado Sul, liderada pelo ítalo-americano Al Capone e o Gangue do Lado Norte, cujo chefe era o polaco-irlandês Bugs Moran. Membros da Egan's Rats também foram suspeitos de terem participado do massacre, do lado de Capone.

Enviar um comentário