quarta-feira, janeiro 21, 2015

George Orwell morreu há 65 anos

Eric Arthur Blair (Motihari, Índia Britânica, 25 de junho de 1903  – Londres, 21 de janeiro de 1950), mais conhecido pelo pseudónimo de George Orwell, foi um escritor e jornalista inglês. A sua obra é marcada por uma inteligência perspicaz e bem-humorada, uma consciência profunda das injustiças sociais, uma intensa oposição ao totalitarismo e uma paixão pela clareza da escrita. Apontado como simpatizante da proposta anarquista e do socialismo não-autoritário, o escritor faz uma defesa da auto-gestão ou autonomismo. Orwell, faz uma forte critica ao socialismo autoritário e estalinista, que ele denunciou em obras como Homage to Catalonia e Animal Farm.
Considerado talvez o melhor cronista da cultura inglesa do século XX, Orwell se dedicou a escrever resenhas, ficção, artigos jornalísticos polémicos, crítica literária e poesia. Ele é mais conhecido pelo romance distópico Nineteen Eighty-Four (1949) e pela novela satírica Animal Farm (1945). Juntas, estas obras venderam mais cópias do que os dois livros mais vendidos de qualquer outro escritor do século XX. Um outro livro de sua autoria, Homage to Catalonia (1938) - um relato de sua experiência como combatente voluntário no lado republicano da Guerra Civil Espanhola - também é altamente aclamado, assim como seus ensaios sobre política, literatura, linguagem e cultura. Em 2008, o The Times classificou-o em segundo lugar em uma lista de "Os 50 maiores escritores britânicos desde 1945".
A influência de Orwell na cultura contemporânea, tanto popular quanto política, perdura até os dias de hoje. Vários neologismos criados por ele, assim como o termo orwelliano - palavra usada para definir qualquer prática social autoritária ou totalitária - já fazem parte do vernáculo popular.

Morte
Orwell morreu em Londres vítima de tuberculose, aos 46 anos de idade. Tendo solicitado um funeral de acordo com os rituais anglicanos, foi enterrado na All Saints' Churchyard, Sutton Courtenay, Oxfordshire, com o simples epitáfio: "Here lies Eric Arthur Blair, born June 25, 1903, died January 21, 1950" ("Aqui jaz Eric Arthur Blair, nascido em 25 de Junho de 1903, falecido em 21 de Janeiro de 1950"); nenhuma menção é feita ao seu célebre pseudónimo.

Obras
  
Romances
Baseadas em experiências pessoais
Enquanto a substância de muitos dos romances de Orwell, particularmente Burmese Days, é tirado de suas experiências pessoais, as obras a seguir são apresentadas como documentários narrativos, ao invés de fictícios.
Ensaios, artigos e outros escritos
  • "The Spike" (1931)
  • "A Hanging" (1931)
  • "Shooting an Elephant" (1936)
  • "Bookshop Memories" (1936)
  • "Charles Dickens" (1939)
  • "Boys' Weeklies" (1940)
  • "Inside the Whale" (1940)
  • "The Lion and The Unicorn: Socialism and the English Genius" (1941)
  • "Wells, Hitler and the World State" (1941)
  • "The Art of Donald McGill" (1941)
  • "Rudyard Kipling" (1942)
  • "Looking Back on the Spanish War" (1943)
  • "W. B. Yeats" (1943)
  • "Benefit of Clergy: Some notes on Salvador Dali" (1944)
  • "Arthur Koestler" (1944)
  • "Raffles and Miss Blandish" (1944)
  • "Notes on Nationalism" (1945)
  • "How the Poor Die" (1946)
  • "A Nice Cup of Tea" (1946)
  • "The Moon Under Water" (1946)
  • "Politics vs. Literature: An Examination of Gulliver's Travels" (1946)
  • "Politics and the English Language" (1946)
  • "Second Thoughts on James Burnham" (1946)
  • "Decline of the English Murder" (1946)
  • "Some Thoughts on the Common Toad" (1946)
  • "A Good Word for the Vicar of Bray" (1946)
  • "In Defence of P. G. Wodehouse" (1946)
  • "Why I Write" (1946)
  • "The Prevention of Literature" (1946)
  • "Such, Such Were the Joys" (1946)
  • "Lear, Tolstoy and the Fool" (1947)
  • "Reflections on Gandhi" (1949)
Poemas
  • "Romance"
  • "A Little Poem"
  • "Awake! Young Men of England"
  • "Kitchener"
  • "Our Minds are Married, But we are Too Young"
  • "The Pagan"
  • "The Lesser Evil"
  • "Poem from Burma"

Enviar um comentário