quarta-feira, janeiro 07, 2015

A Rainha Carlota Joaquina de Bourbon morreu há 185 anos



Dona Carlota Joaquina Teresa Caetana de Bourbón e Bourbón, em castelhano Carlota Joaquina Teresa Cayetana de Borbón y Borbón (Aranjuez, 25 de abril de 1775 - Palácio de Queluz, 7 de janeiro de 1830) foi uma infanta de Espanha por nascimento, e Infanta consorte de Portugal, princesa-consorte do Brasil, Princesa-regente consorte de Portugal, Rainha consorte do reino unido de Portugal, Brasil e Algarves e Rainha consorte de Portugal por seu casamento com o então Infante português D. João Maria de Bragança (futuro Dom João VI), àquela altura Senhor do Infantado e duque de Beja. Foi também Imperatriz do Brasil, entre 1825 e 1826. Ficou conhecida como A Megera de Queluz, pela sua personalidade forte e porque foi isolada no Palácio de Queluz, nos arredores de Lisboa, por ter conspirado contra o seu marido e ser antiliberal.
Também, pelo tratado do Rio de Janeiro de 1825, foi imperatriz do Brasil, de jure, durante poucos dias.

Brasão Imperial e Real de D.ª Carlota Joaquina


Enviar um comentário