sexta-feira, maio 30, 2014

Joana d'Arc foi executada (queimada viva num auto de fé) há 583 anos

Santa Joana d'Arc
Virgem d'Orleans
Nascimento 6 de janeiro de 1412 em Domrémy-la-Pucelle, Lorena, França
Morte 30 de maio de 1431 (19 anos), Ruão, Alta Normandia, França
Veneração por Igreja Católica
Beatificação 18 de abril de 1909, Roma pelo Papa São Pio X
Canonização 16 de maio de 1920, Roma por Papa Bento XV
Festa litúrgica 30 de maio
Padroeira França

Joana d'Arc (6 de janeiro de 1412  – Ruão, 30 de maio de 1431), cognominada "A Donzela de Orléans" (em francês: La Pucelle d'Orléans), é uma heroína francesa e santa da Igreja Católica. É a santa padroeira da França e foi uma chefe militar da Guerra dos Cem Anos, durante a qual tomou partido pelos Armagnacs, na longa luta contra os borguinhões e seus aliados ingleses. Foi executada pelos borguinhões em 1431.
Camponesa, modesta e analfabeta, foi uma mártir francesa e também heroína de seu povo, canonizada em 1920, quase cinco séculos depois de ter sido queimada viva num auto de fé.
Segundo a escritora Irène Kuhn, Joana d'Arc foi esquecida pela história até ao século XIX, conhecido como o século do nacionalismo, o que pode confirmar as teorias de Ernest Gellner. Irène Kuhn escreveu: Foi apenas no século XIX que a França redescobriu esta personagem trágica.


1 comentário:

susane disse...

Muchas gracias por esta información útil y valiosa. Súper tu blog, bravo!

voyance gratuite en ligne